Cidadania

O futuro da indústria cinematográfica, por país – Quartzo


2020 foi um desastre para os cinemas. A pandemia causou um declínio maciço nas vendas de ingressos em todo o mundo devido ao fechamento de filmes determinado pelo governo e ao medo das pessoas de contrair o novo coronavírus em ambientes fechados.

Mas mesmo antes da Covid-19, a indústria do cinema estava mudando. O mercado norte-americano, classificado como EUA e Canadá, é o maior do mundo há décadas. Isso era verdade em 2019, e os dois países tiveram uma receita de bilheteria combinada de US $ 11,4 bilhões (analistas financeiros de filmes costumam olhar para os EUA e Canadá como um único mercado). Mas as receitas da América do Norte mostraram pouco crescimento na última década e o resto do mundo está acompanhando. Isso significa um mercado de cinema cada vez mais globalizado e uma Hollywood incentivada a fazer filmes que atraiam os mercados emergentes do mundo, não apenas os americanos.

A China, em particular, ficou mais forte. A bilheteria do país cresceu para US $ 9,3 bilhões em 2019, de cerca de US $ 6,8 bilhões em 2015, de acordo com dados do relatório anual do European Audiovisual Observatory (paywall).



Fonte da Matéria

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar