Tecnologia

O Facebook exige uma empresa de análise para suposta coleta de dados



O Facebook entrou com uma ação federal na Califórnia contra a empresa de análise de dados OneAudience, com sede em Nova Jersey, alegando que supostamente coletou dados da rede social.

A gigante das mídias sociais afirma que a empresa pagou aos desenvolvedores de aplicativos para instalar o SDK (Software Development Kit) em seus aplicativos, que foi usado para coletar dados dos usuários do Facebook sem o seu conhecimento.

De acordo com documentos judiciais obtidos por ZDNet, o SDK foi integrado a uma ampla variedade de aplicativos e alguns foram disponibilizados até na loja oficial do Google Play. Na denúncia, o Facebook forneceu mais detalhes sobre o tipo de informação que a OneAudience supostamente coletou, dizendo:

"Depois que um usuário instalou um desses aplicativos em seu dispositivo, o SDK malicioso permitiu à OneAudience coletar informações sobre o usuário em seu dispositivo e em suas contas do Facebook, Google ou Twitter, nos casos em que o usuário efetuou login no aplicativo usando essas contas. " Com relação ao Facebook, a OneAudience usou o SDK malicioso, sem autorização do Facebook, para acessar e obter o nome, endereço de email, local (ou seja, o país do qual o usuário efetuou login), fuso horário, o ID do Facebook e, de forma limitada, o gênero ".

Coleta de dados

O Twitter foi o primeiro a descobrir que o OneAudience estava coletando dados secretamente em novembro do ano passado e em um publicação no blog, a rede social confirmou que a empresa também segmentava usuários do Facebook, Apple e Google.

O processo do Facebook contra a empresa ocorre após o encerramento da investigação. A empresa também revelou a ZDNet que soube pela primeira vez sobre o comportamento suspeito do SDK do OneAudience a partir de um relatório de erro enviado ao programa Data Abuse Bounty que ele criou após o escândalo da Cambridge Analytica.

Em resposta às alegações de que seu SDK estava coletando dados do usuário, a OneAudience publicou uma declaração em seu site alegando que a empresa nunca pretendeu coletar dados do usuário, que diz:

"Recentemente, fomos informados de que as informações pessoais de centenas de IDs de dispositivos móveis poderiam ter sido passadas para a plataforma oneAudience. Esses dados nunca foram planejados para serem coletados, nunca adicionados ao nosso banco de dados e nunca utilizados. Atualizamos proativamente nosso SDK para garantir que essas informações não possam ser coletadas em 13 de novembro de 2019. Em seguida, enviamos a nova versão do SDK aos nossos parceiros de desenvolvimento e exigimos que eles atualizem para esta nova versão. Acreditamos que os consumidores devem ter a oportunidade de escolher com quem compartilhe seus dados e em que contexto. Hoje, estamos fechando o OneAudience SDK ".

O Facebook respondeu ao comportamento do OneAudience enviando à empresa uma carta de cessação e retirada e também solicitou que a empresa participasse de uma auditoria. No entanto, a OneAudience se recusou a cooperar de acordo com o Facebook e agora a rede social está pedindo a um juiz que ordene que a empresa de análise de dados cumpra sua solicitação de auditoria.

  • Também destacamos os melhores serviços de VPN.

Via ZDNet



Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar