Cidadania

Kering, proprietário da Hermès, LVMH e Gucci, volta à vida – Quartz

[ad_1]

Para os maiores nomes da moda de luxo, a estagnação da pandemia parece ter ficado para trás, exceto na Europa, é claro.

A Hermès divulgou hoje resultados estelares do primeiro trimestre (pdf) com vendas crescendo acima dos níveis pré-pandêmicos. Ele se junta a uma série de fortes performances de nomes importantes da moda de luxo, incluindo LVMH, o megaconglomerado que possui marcas como Louis Vuitton e Christian Dior, e Kering, que possui Gucci, Saint Laurent e outras. “Esta é uma confirmação de um ambiente de demanda global otimista por produtos de luxo e uma saída em forma de V da pandemia Covid-19”, disse Bernstein, uma firma de investimentos, em nota aos clientes sobre os lucros da Hermès hoje.

No entanto, a recuperação não aconteceu em todos os lugares. As vendas na Ásia podem estar decolando e os negócios nos Estados Unidos estão se recuperando fortemente, mas na Europa, lar desses gigantes e berço da moderna indústria da moda de luxo, as lutas continuam.

Na Hermès, as vendas na Europa caíram 4,4% (pdf) em relação ao ano passado. LVMH relatou uma redução de 9% (pdf) e Kering postou uma redução de 34% (pdf).

Até o final de março, novos casos de Covid-19 aumentaram na região, onde o lançamento de vacinas tem sido “inaceitavelmente lento”, segundo a Organização Mundial de Saúde. Os vendedores de produtos de luxo ainda enfrentam vários fechamentos de lojas.

Além disso, o tráfego turístico desapareceu e parece improvável que volte tão cedo. Teve um efeito notável nas lojas de luxo, que fazem uma parte significativa de suas vendas para compradores viajantes de países como China e Estados Unidos. Com o turismo na Europa ainda em hiato, esses compradores estão comprando mais perto de casa., O que contribui para vendas desiguais. entre regiões.

Mesmo antes da pandemia, as casas de moda europeias dependiam cada vez mais da China para suas vendas. O ano passado apenas acelerou a tendência.

[ad_2]

Fonte da Matéria

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo