Marketing Digital

Como criar uma página de perguntas frequentes útil e bem otimizada


A regra de ouro do marketing sempre foi: não deixe seus clientes se perguntando ou você os perderá. Essa regra também se aplica muito bem ao SEO: a menos que o Google possa encontrar uma resposta e rapidamente, eles escolherão e destacarão seu concorrente.

Uma maneira de garantir que isso não aconteça é ter uma página de perguntas frequentes bem configurada e otimizada. Suas perguntas frequentes são a chave para fornecer a seus clientes e mecanismos de pesquisa todas as respostas de que eles podem precisar sobre sua marca.

Por que criar uma página de FAQ?

  • Reduza a carga de trabalho da equipe de atendimento ao cliente. Se você acertar, sua página de perguntas frequentes será o primeiro ponto de contato para seus clientes em potencial, antes que eles precisem entrar em contato com você diretamente.
  • Encurte as viagens de compras de seus clientes. Se os usuários do seu site puderem encontrar todas as respostas sem ter que ouvir a sua equipe, eles comprarão imediatamente.
  • Gere sinais de confiança. Cobrir suas políticas de devolução, processos de envio e ser transparente com os usuários do seu site os encorajará a confiar mais em sua marca. Como sempre, se os usuários do seu site confiarem na sua marca, o Google também o fará.
  • Crie um funil de vendas mais eficaz incluindo as vantagens competitivas da sua empresa: O que o torna melhor do que seus concorrentes?
  • Melhore os links internos do seu site (significativamente).
  • Capture mais oportunidades de visibilidade de pesquisa.

Você está convencido? Então, vamos do porquê ao como.

Onde encontrar perguntas para responder

Eu fiz um artigo muito detalhado sobre pesquisa de questões para Moz. Ele lista todos os tipos de ferramentas, incluindo as baseadas em SEO (com base na pergunta que as pessoas digitam na caixa de pesquisa do Google) e também fazem (as perguntas que aparecem nas caixas de Pessoas do Google também fazem), que coletam perguntas de fóruns de discussão online, bem como ferramentas que monitoram perguntas do Twitter e do Reddit.

Além disso, sua equipe de atendimento ao cliente é o recurso mais importante. Você precisa saber exatamente o que seus clientes estão perguntando quando entram em contato com sua empresa e, em seguida, usar todas as outras fontes para otimizar essas perguntas para classificações orgânicas e expandir sua lista quando necessário.

As respostas devem ser CCF (claras, concisas e factuais)

(Acabei de inventar esta abreviatura, mas ela faz um bom trabalho em transmitir meu ponto de vista.)

Uma boa regra prática é escrever respostas curtas para cada pergunta; dois ou três parágrafos seriam uma boa resposta. Se for alongado, a página ficará muito longa e confusa.

Se você tem mais a dizer:

  • Escreva um artigo separado que explique o processo.
  • Adicionar um vídeo

Criar um vídeo para responder à maioria dessas perguntas é quase sempre uma boa ideia. Vídeos são bons itens promocionais que permitem que sua marca seja descoberta no Youtube e também nos carrosséis de vídeos do Google.

E se você achar o marketing de vídeo muito intimidante, existem algumas ferramentas que permitem criar vídeos dentro do orçamento, sem investir em software caro (e treinamento) ou serviços externos. Eu listo algumas dessas ferramentas aqui.

Outra ferramenta de criação de vídeo que descobri recentemente é chamada Renderforest. Ele oferece alguns modelos de vídeo explicativos poderosos que são perfeitos para responder a perguntas.

Outras maneiras de encurtar as respostas são:

  • Adicione GIFs estruturais (listei algumas ferramentas de criação de GIF aqui).
  • Crie fluxogramas e listas de verificação para download (há muitas ferramentas online para colocá-los juntos).

Em geral, as imagens há muito demonstram melhorar o envolvimento e tornar as coisas mais fáceis de entender e lembrar, então por que não usá-las em sua página de perguntas frequentes?

Esboço do FAQ: use-o!

O Google adora oferecer respostas claras (e é também por isso que criar uma página de FAQ sólida é uma boa ideia). Na verdade, o Google adora tanto as respostas que há um tipo separado de esboço especificamente para este formato de conteúdo: esboço da página de FAQ.

Claro, use-o. Para usuários do WordPress, existe um plugin do WordPress que ajuda a marcar o conteúdo com o esquema FAQ.

Isso torna sua página de perguntas frequentes mais fácil para o Google entender e ajuda a destacar sua página nas pesquisas:

Dica rápida: se você incluir um link interno em sua resposta, ele também aparecerá nos resultados da pesquisa. Mais links em SERPs orgânicos!

Link interno: use seu FAQ como um mapa do site

Mais links de sua lista orgânica na pesquisa não é o único motivo para criar um link de sua página de perguntas frequentes. Sua página de perguntas frequentes faz parte da jornada do cliente, onde cada resposta é uma etapa importante no funil de vendas. É por isso que adicionar links internos é fundamental para garantir que a jornada do cliente continue.

Mas não pense nesses links apenas do ponto de vista de SEO. Não é tão importante criar um texto de link otimizado por palavras-chave aqui (embora ainda não seja uma ideia terrível, quando faz sentido). O fator mais importante a considerar aqui é a intenção do usuário.

O que o usuário do seu site provavelmente fará a seguir ao procurar uma pergunta específica?

Se você tiver alguma dúvida sobre os custos de envio, provavelmente está perto de comprar, mas precisa saber mais sobre o preço final. É aqui que você pode mostrar seus incríveis parceiros de remessa e vincular diretamente à página do produto (ou lista), bem como ao carrinho para concluir a compra.

Se for perguntado quanto tempo normalmente leva o envio, é provável que seja o seu cliente atual, portanto, seria mais útil vincular à sua página de informações de envio.

Monitorar sua página de FAQ e os caminhos dos usuários por ela lhe dará mais idéias sobre como configurar melhor cada resposta. Mais sobre isso abaixo.

Se você precisar de inspiração para criar links adequados no FAQ, dê uma olhada no Shopify, que faz um trabalho impressionante de combinar as intenções de vários usuários por meio de links internos:

Estrutura é tudo

Há usuários da web que pesquisam e há aqueles que navegam.

Sua página de FAQ deve acomodar ambos.

Isso significa:

  • Deve haver sugestões de campos de pesquisa para orientar o usuário pelo site de forma eficaz.
  • Deve haver categorias claras (como legendas) para os visitantes da página navegar e ter uma boa ideia do que o seu site faz em um piscar de olhos. Isso ajudará as pessoas que ainda estão em fase de pesquisa a tomar uma decisão de compra mais rapidamente.

O PayPal realiza as duas coisas de uma maneira muito boa:

Para determinar a melhor estrutura para sua página de FAQ, experimente o Text Optimizer, que usa análise semântica para gerar perguntas relacionadas. Facilita a captura de alguns padrões comuns de palavras-chave e perguntas:

Depois de configurar a estrutura de conteúdo do FAQ, crie links de âncora para permitir que os usuários pule rapidamente para a seção que desejam navegar mais. Para ver a navegação desta página em ação, vá para a página de perguntas frequentes da Adobe:

Aqui está um rápido tutorial sobre como configurar este tipo de navegação.

Faça sua página de FAQ funcionar: integrar, analisar, monitorar

Uma página de perguntas frequentes bem configurada aborda vários tipos de intenção do usuário e ajuda em várias etapas em um funil de vendas. Isso torna o monitoramento da página uma tarefa muito essencial.

Aqui estão algumas maneiras de fazer isso:

1. Monitore sua pesquisa em perguntas frequentes

Se o seu site é executado no WordPress, há uma variedade de plug-ins de perguntas frequentes (incluindo este) que vêm com a funcionalidade de pesquisa avançada. A função informa sobre:

  • As pesquisas mais populares, que mostram quais recursos do produto ou seções do site causam mais confusão (podem indicar alguns problemas de usabilidade).
  • Pesquisas vazias, mostrando quais perguntas dos usuários não geraram respostas em seu FAQ (elas devem ir diretamente para sua equipe de conteúdo).

Se você optar por uma solução customizada sem plug-ins, certifique-se de usar o Google Analytics para configurar sua pesquisa no FAQ, que permitirá que você monitore os padrões de pesquisa dos usuários do seu site.

2. Rastreie as rotas do usuário por meio de sua página de perguntas frequentes

Quais páginas (ou canais externos) tendem a levar as pessoas à sua página de perguntas frequentes e para onde elas geralmente vão a partir daí? Essas rotas são importantes para compreender a função da página de perguntas frequentes em seu funil de vendas.

Para rastrear a eficácia de qualquer página no envio de conversões, geralmente uso o Finteza, que permite criar um número ilimitado (a menos que você ainda não tenha atingido o limite) de funis de vendas para monitorar e comparar diferentes caminhos do usuário por meio seu site:

3. Monitore as classificações “People Ask Too”

Provavelmente, você monitorará o tráfego e a classificação desta página, mas há mais uma coisa a adicionar aqui: posições “As pessoas também perguntam”.

Como esta página se concentra em cobrir as perguntas dos clientes, as classificações “As pessoas também perguntam” do Google são bastante indicativas de se você está ou não fazendo um bom trabalho. SE Ranking é a única ferramenta que conheço que pode ajudá-lo com isso. Mantém o controle da maioria dos itens de pesquisa do Google e relata seu progresso:

Se você fizer as coisas certas, provavelmente verá suas posições no PPA crescerem.

4. Monitore o feedback do cliente

Por fim, coletar o feedback do usuário em cada resposta em seu FAQ o ajudará a criar respostas mais úteis. Novamente, a maioria das soluções de FAQ pré-construídas vem com essa opção, mas também existem plug-ins separados para ela (como este).

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes

Existem algumas perguntas comuns sobre a criação de uma página de FAQ que fica flutuando na web (bem como nos fóruns da comunidade Moz). Vamos abordá-los rapidamente aqui:

Uma seção de perguntas frequentes ainda é uma boa ideia?

Sim, claro, mas apenas se você levar isso a sério.

Devo usar respostas “recolhíveis” para economizar espaço?

Não tenho problemas com essa configuração (muitas marcas escolhem esse caminho), mas os SEOs acreditam que o conteúdo escondido atrás de guias ou cliques tem menos valor do que o conteúdo imediatamente visível.

Posso reutilizar respostas selecionadas em outras páginas onde essas perguntas e respostas façam sentido? Este conteúdo é duplicado?

Não é um problema de conteúdo duplicado “problemático” (o que significa que o Google não irá penalizá-lo), mas a melhor maneira de evitar conteúdo duplicado é escrever novas respostas (originais) para cada página.

Deve ser uma página ou é melhor configurar uma base de conhecimento de várias páginas?

Dependendo de quanto você tem a dizer, qualquer uma das formas é boa.

Para levar

  • Sua página de perguntas frequentes é uma etapa importante no processo de compra e um bom ativo de busca orgânica que pode atrair e converter tráfego.
  • Para encontrar as respostas a serem abordadas em sua página de FAQ, leia nosso guia de pesquisa de perguntas específicas.
  • Crie respostas concisas e factuais que forneçam ajuda ou orientação imediata. Vídeos e GIFs animados sempre tornam a seção de perguntas frequentes mais útil.
  • Link da sua página de FAQ para acomodar as diferentes intenções do usuário e ajudar os usuários do seu site a continuar sua jornada pelo site.
  • Estruture sua página de FAQ de uma forma significativa para dar aos usuários do site algumas dicas sobre o que é coberto.
  • Monitore de perto as jornadas dos usuários do site por meio da página de perguntas frequentes para melhorá-la e expandi-la.

Tem mais dicas para otimizar suas perguntas frequentes? Deixe-me saber na seção de comentários.



Fonte da Matéria

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar