Praia de pipa, mais um site feito pela clique sim

A praia central, onde há as barras do lado do mar e quiosques que vendem vários alimentos, é mais calma e com menos ondas.

Se você decidir caminhar, na direção sul é a ponta da Praia Amor, ou Praia do Amor, com mar aberto e ondas fortes para os surfistas. Ao norte da praia de Pipa, há a Baía dos Golfinhos, uma pequena cobertura onde os golfinhos se aproximam da praia em busca de peixes e nadam lado a lado e brincam com os nadadores. Se você tiver sorte, você pode encontrar as tartarugas marinhas, outra maravilhosa maravilha da praia de pipa.

À noite, praia de pipa se torna um lugar animado, com bares ao longo da avenida central e lugares para conhecer pessoas bonitas de todas as partes do mundo. Os clubes noturnos estão abertos a noite toda e a festa continua.

Uma das grandes atrações da Praia de Pipa é como a vida moderna e a Rússia se encontram. É fácil encontrar grandes centros comerciais e restaurantes franceses ao longo de pescadores, jangadas e mercados pequenos que podem ser encontrados todo o lado da praia. Certifique-se de trazer dinheiro suficiente porque a praia de pipa é conhecida por não ter um ótimo acesso aos caixas eletrônicos, e nem todos os restaurantes aceitam cartões de crédito.  

A praia de Pipa é na verdade um conjunto de muitas praias nesta área que as pessoas consideram estar com o mesmo nome, como Praia de Malembá e Lagoa de Guaraíras,Praia do Giz e Praia da Bóia,  Praia de Tibau do Sul ou da Barra, Praia do Madeiro, Praia do Madeiro, Praia das Minas, Praia do Centro, Sibaúma e Cacimbinhas. A área é um destino popular e os turistas não só adoram as ótimas praias, mas a cidade, o estilo de vida e tudo o que a área tem para oferecer.

Para conhecer mais veja o site oficial em http://praiadepipa.org

Como integrar woocommerce com mailchimp

O WooCommerce MailChimp fornece integração simples e flexível MailChimp para o WooCommerce.

Assine automaticamente os clientes em uma lista de MailChimp designada e, opcionalmente, grupos de interesse do MailChimp após a criação do pedido ou a conclusão da ordem. Isso pode ser feito em silêncio ou com base no consentimento do usuário com várias configurações de opt-in que suportam leis internacionais de ativação.

Características

Seleção de Evento do WooCommerce

Assine os clientes no MailChimp após a criação do pedido
Assine os clientes no MailChimp após o processamento do pedido
Assine os clientes no MailChimp após a conclusão da encomenda
Trabalha com grupos de interesse do MailChimp

Defina um ou mais grupos de interesse para adicionar usuários com base na lista de MailChimp selecionada.
Configurações de Opt-In

Suporte de opt-in dupla MailChimp (controle se um e-mail de opt-in duplo é enviado ao cliente)
Opcionalmente, exiba uma caixa de opções de ativação na página de check-out (isso é necessário em alguns países)
Controle o rótulo exibido ao lado da caixa de seleção opt-in
Controle se a caixa de seleção opt-in está marcada ou não foi verificada por padrão
Controle a colocação da caixa de opções na página de checkout
Instalação

Carregue ou extraia a pasta ‘woocommerce-MailChimp’ no diretório ‘/ wp-content / plugins /’ do seu site. Você também pode usar a opção Adicionar novo no menu Plugins no WordPress.
Ative o plugin no menu Plugins no WordPress.
Uso

Vá para o WooCommerce> Configurações> MailChimp Primeiro, cole a Chave da API MailChimp para começar. Selecione se deseja que os clientes sejam inscritos em sua lista MailChimp após a criação do pedido, o processamento do pedido ou a conclusão da ordem (há uma diferença no WooCommerce). Em seguida, selecione sua lista MailChimp e selecione quaisquer grupos de interesse (opcional). Selecione suas configurações opt-in, opt-in duplas e pressione Salvar alterações. É isso mesmo, sua loja do WooCommerce agora está integrada com o MailChimp!

WooCommerce MailChimp Pro

http://www.saintsystems.com/products/woocommerce-mailchimp-pro/

Informações adicionais e ajuda
Leia o post do blog
Leia artigo da KB
Apoio, suporte
Local na rede Internet
Esta descrição foi enviada pelo desenvolvedor da integração. O MailChimp lista as integrações disponíveis apenas para a conveniência do cliente e não endossamos ou garantimos esses serviços ou produtos.
Configurações gerais do WooCommerce MailChimp
Configurações de solução de problemas do WooCommerce MailChimp
Rever

Faça o login com sua conta do MailChimp para deixar um comentário.
véspera
26/06/2017
Funciona bem, mas tenho um problema – não há Zloty polonês na lista de moedas nas Configurações da loja.

Ben
1/04/2017
Eu continuo começando Erro. Verifique a sua chave api. – mas é certo

Adam Anderly
17/01/2017
Consulte o nosso centro de ajuda (https://support.saintsystems.com/hc/en-us/sections/201959566) ou contate-nos aqui (https://www.saintsystems.com/contact/) para obter suporte. Inclua a chave api em questão ou uma api chave de teste para que possamos tentar reproduzir o problema.

Shane
31/08/2016
Ei, Guys, Pro diz que deveria ser lançado no segundo trimestre de 2016 … qual é a atualização?

Adam Anderly
16/09/2016
@Shane,

Hoje lançamos o WooCommerce MailChimp 2.0, que lançou as bases para o acabamento da versão pro. Nossa nova estimativa é Q4. Estamos atirando no início daquele antes dos feriados.

Felicidades!

Adam de Saint Systems

Laura
5/04/2016
Olá, eu não estou recebendo os emails adicionados à minha lista :( Você pode ajudar?

Florença
4/07/2016
Q1 2016? Então, quando exatamente esse é o lançamento?

Paulo
10/07/2015
Ei,

Estou querendo enviar todos os meus emails transacionais do Woocommerce (mais Novas contas e comcomendas de senha) através do Mailchimp. Parece mais fácil do que a mão codificar meus e-mails HTML para tentar trabalhar em todos os navegadores … Nightmare!

Além de usar o Mandrill, posso usar o MC para assumir essa funcionalidade?

obrigado

Paulo

andador
27/07/2015
Como o plugue muito, mas aguardando a pro-versão para que as compras de produtos individuais possam ser mapeadas para lista exclusiva ou grupo em mailchimp …

Linha do tempo na versão pro-versão ????

THX

W

Glenn
22/2/2015
Por que há dois campos para o Grupo? Nome do Grupo e Grupos? A documentação não descreve em nenhum lugar como preencher esses campos em ….. Não há campos dentro do mailchimp intitulado “Nome do Grupo”

Adam Anderly
4/02/2015
Glenn,

Desculpe pela confusão.

O primeiro campo (Nome do grupo) é para o nome do Grupo de Interesse e o segundo campo (Grupos) é para os grupos filho.

Usando esta publicação MailChimp em Grupos de Interesse como exemplo (http://blog.mailchimp.com/sending-targeted-emails-with-interest-groups/).

Grupo de interesse: Grupos de “alimentos favoritos”: – Eu gosto de todos os alimentos – Pizza – Hambúrgueres – Meatloaf – Vegano – Vegetariano

Se eu quisesse adicionar todos os clientes que fizerem uma compra da minha loja do WooCommerce para o grupo de interesse “Alimentos favoritos”, eu gosto de todos os alimentos “, eu colocaria” Alimentos favoritos “no campo Nome do grupo e” Eu gosto de todos os alimentos “no Campos de grupos.

Atualmente, estamos trabalhando na próxima versão do plugin, o que tornará isso muito mais claro e simplesmente permitirá a seleção de grupos de um menu suspenso.

7 motivos para seu negócio ter um site

Apresentamos abaixo 7 vantagens que a internet pode propor-cionar para sua empresa, acompanhe:

#1  Fortalecimento da sua marca

Um site bem planejado e administrado proporciona uma imagem profissional para a sua empresa, transmite credibilidade e contribui para o fortalecimento da sua marca.

#2  Baixo investimento

Utilizar a Internet como meio de comunicaçao nao é custo e sim investimento. Os investimentos são baixos, se levado em consideração o alcance geográfico, tempo de exposição e flexibilidade na manutenção.

#3  Melhor relação custo x benefício

A Internet é uma mídia de excelente relação custo x benefício, se comparado com qualquer mídia convencional, como televisão, jornais e rádio.

#4  Tempo, conveniência e praticidade

Atualmente o recurso que mais falta ao visitante é tempo. Paga-se contas, cotação de preços, compras online e muito mais sem sair de casa!

#5  Fácil mensuração de resulttados

A Internet mede o número de acessos por dia, semana e mês, informa qual o horário
de maior tráfego, quanto tempo o visitante permaneceu nas páginas, número de visi-
tantes, em quais banners e links ele clicou. E muito mais…

#6  Presença global

Novos mercados podem ser explorados a um custo baixo, sem necessidade de investir em novos escritórios. Seus produtos passam a estar presentes em todo o país.

#7  Fácil disseminação de informações.

A informação publicada na internet tem reação instantânea no seu público, pois chega
a ela rapidamente, quase em “real time”.

Conheças nossos Clientes

Entenda o que é Seo

Você já parou para pensar em qual é o segredo de alguns blogs ou sites campeões de acesso? Pois saiba que a explicação pode ser mais simples do que você imagina e que os bons resultados e grandes números de acesso deles não acontecem por acaso. É cada mais dia comum na web o trabalho de SEO – Search Engine Optimization.

Traduzindo, trata-se do trabalho de otimizar uma página web, ou mesmo um site inteiro, de modo que ele fique mais “amigável” ou acessível aos sites de buscas. O objetivo das técnicas de SEO é melhorar o posicionamento de uma página nos mecanismos de busca, aumentando a probabilidade de crescimento do número de acessos.

Qualquer um pode aplicar técnicas de SEO em uma página?

Em tese qualquer um pode tornar suas páginas mais acessíveis para os sites de buscas. No entanto, o SEO se baseia em uma série de possibilidades e não é pelo simples fato de você aplicar algumas regras básicas na hora de postar seu conteúdo que seu site aumentará o número de visitantes da noite para o dia.

A maneira como você é visto nos buscadores é um trabalho de SEO
Não é a toa que o número de profissionais que se especializam nesta área cresce a cada dia. Mas você pode fazer a sua parte dando uma mãozinha para os buscadores, entendendo um pouco como eles funcionam e dando a eles a oportunidade de ser encontrado com mais facilidade.

O primeiro passo: a edição das meta tags

Você sabe o que são meta tags? Elas nada mais são do que um conjunto de informações que são colocadas no código HTML da sua página para passar informações aos robôs dos mecanismo de buscas a respeito do seu conteúdo. É como se elas sintetizassem, em poucas linhas, tudo o que usuário irá encontrar naquele endereço URL.

Cabeçalho básico de edição de meta tags
Cada mecanismo de busca tem uma maneira particular de checar e priorizar essas informações. Por isso é importante dar atenção a esse aspecto. Se você tem algum conhecimento de HTML pode editar as informações do cabeçalho da página. Aspectos como título, descrição e palavras-chaves são alguns dos itens que você deve levar em consideração. Se você utiliza algum sistema de blogs, como Blogger ou WordPress, pode encontrar alguns plugins que permitem editar esse tipo de informação sem precisar ter contato direto com o código-fonte.

Você pode conhecer um pouco mais sobre edição lendo o “Search Engine Optimization Starter Guide”, um guia para iniciantes disponibilizado pelo Google. O guia está em .PDF e é disponibilizado também em português.

Mais do que edição de código, SEO é conteúdo

De nada adianta você se preocupar apenas com o código das páginas se o seu conteúdo não é relevante, não é original ou é repleto de erros de português. O primeiro passo para atrair visitantes para o seu site é escrever com freqüência, de preferência um conteúdo inédito e original sobre um assunto. Sites e blogs que apenas copiam informação alheia além de agir de maneira antiética, também acabam por se tornar irrelevantes nos mecanismos de busca.

Conteúdo de qualidade é a melhor maneira de se destacar na web
Lembra das aulas de redação, em que você aprendeu que na estrutura de um texto a informação mais relevante aparece por primeiro e, em seguida você apresenta o desenvolvimento e, por último a conclusão? Aqui a regra vale da mesma maneira. O texto que é apresentado por primeiro tem peso maior que o que vem na sequência. Por isso criar um texto com uma estrutura coesa, e num linguajar correto, ainda é a melhor maneira de cativar a audiência dos seus visitantes.

O velho e bom e-mail marketing

e-Mail Marketing

O email marketing é uma ferramenta importantíssima para o empreendedor na geração de tráfego e, principalmente, no relacionamento com os clientes. Criar e enviar uma email newsletter pode alavancar o sucesso de um negócio na Internet.  As principais razões para  isso são:

Agilidade: O e-mail é uma ferramenta ágil tanto no envio quanto na resposta e avaliação do retorno. Um simples clique na tecle “send” do software dispara o envio de milhares de e-mails que em segundos estão na caixa postal do destinatário. A resposta ao email marketing normalmente é imediata através da ação desejada ou simplesmente da confirmação de recebimento.

Mensurabilidade: É muito fácil medir o retorno do email marketing.  As estatísticas de seu site vão lhe indicar: quantas pessoas receberam, quantas clicaram em um link, visitaram o site, compraram; quantas não desejam mais receber sua comunicação e solicitam a exclusão da lista, e diversas outras informações.

Interatividade:  Um simples link no e-mail possibilita ao destinatário realizar uma ação como retornar uma resposta, visitar um site ou solicitar a sua exclusão da lista.

Alta Taxa de Resposta: Campanhas de email marketing sérias, com comunicação enviada para destinatários que autorizaram o recebimento (opt-in) tem altíssimos índices de retorno.

Postman rivalery - Mail delivery

e-Mail Marketing x SPAM

SPAM é o nome dado a prática, infelizmente muito comum, de se fazer email marketing junto a destinatários que não autorizaram o recebimento de emails. O  spam é o mal uso do email marketing. Sem falar nas considerações éticas que por si só já justificariam a não utilização do spam, existem razões comerciais bem objetivas para que você fique longe disso. O retorno é baixíssimo; para cada pessoa que ler seu e-mail, você terá duzentas pessoas zangadas com a sua empresa, além do risco de  ser barrado dos principais provedores e ter seu site tirado do ar. Enfim, não se iluda com o baixo preço dos e-mails, o custo do email marketing através de Spam, acabará sendo muitas vezes maior do que o eventual benefício.

e-Mail Marketing que funciona – Opt-in

Opt-in é o processo no qual as pessoas consentem em receber sua comunicação e fornecem o seu endereço de e-mail. A diferença é fundamental, você está se dirigindo à pessoas que aceitam ouvir o que você tem a dizer e que, além disso, sabem que a qualquer momento podem fechar o canal de comunicação com um simples clique (opt-out). eMail Marketing

Newsletter: a principal ferramenta do e-Mail Marketing

Uma email newsletter é um boletim periódico enviado regularmente aos seus clientes e visitantes, através do email. O objetivo da newsletter é manter o nome de sua empresa vivo na mente do cliente, além de apontar sempre o caminho para o seu site. Mas lembre-se, a newsletter só é eficaz se trouxer alguma utilidade para as destinatários tais como informações de valor e, eventualmente,  produtos em condições especiais.  A newsletter eCommerceNews, que aborda o assunto e-commerce e se aproxima dos 100 mil leitores é um exemplo de newsletter de sucesso. Você pode aprender muito sobre email marketing e a montagem de uma newsletter com o ebook EMAIL MARKETING EFICAZ , disponível com um clique na imagem ao lado. Veja também solução para implantação de newsletter em: criar uma newsletter

ETAPAS NA IMPLANTAÇÃO DO E-MAIL MARKETING

Você pode optar por terceirizar o programa de email marketing, o que eliminaria muitas das etapas seguintes, porém levando-se em consideração os custos e o fato que os seus clientes são o seu patrimônio mais importante, provavelmente  você desejará ter o controle total do processo. Para isso, as principais etapas são:

Montar a infra-estrutura.  Criar formulários de entrada de dados no site para cadastrar os endereços de e-mail fornecidos, preparar produtos ou benefícios como estímulo para seus visitantes deixarem o endereço e, o mais importante, adquirir um bom email software.
 Montar as listas de emails.  Nos Estados Unidos, são comuns empresas que fornecem listas de email opt-in. No Brasil também existem, mas não são tão comuns e você dificilmente saberá se realmente  trata-se de uma lista autorizada. Nossa recomendação é que você construa o seu próprio mailing, com os endereços de seus clientes e visitantes dos site. Anúncios em alguma newsletter com público semelhante ao seu, são uma boa forma de trazer visitantes que podem também se cadastrar em seu site.
 Adquirir/Utilizar software de envio. Esse é um aspecto muito importante com o qual você não deve se descuidar e você tem a alternativa de comprar o software ou utilizar um software de empresa especializada. Para  enviar um email, ou uma dúzia, qualquer programa de correio dá conta do recado, mas a medida que sua base de dados  vai crescendo, e isso deverá ocorrer, começa a ser imprescindível um bom software. Ele deve ser capaz de enviar rapidamente milhares de e-mails sem dificuldade, possibilitar a manutenção dos dados sem grandes dificuldades, a inclusão e exclusão automática de assinantes da lista, além de um suporte confiável e atualizações  freqüentes.  Nossa recomendação aqui é: não hesite em investir algum dinheiro em software ou serviços de email marketing, pois isso vai lhe possibilitar um gerenciamento eficiente do programa e lhe poupar muita dor de cabeça e riscos desnecessários.  No final dessa página você encontra indicação de um produto e também de uma empresa que oferece solução terceirizada de email marketing
 Criar conteúdo de qualidade. Você pode utilizar sua base de dados para se manter em contato com seus clientes comunicando promoções e lançamentos de produtos ocasionais ou então,  enviar uma “newsletter” periódica, com informações de interesse em sua área de atuação. Particularmente no caso da email newsletter, é importante se preocupar com a qualidade da informação. Procure fornecer conteúdo que de alguma forma possa gerar valor para o destinatário. Algumas empresas oferecem newsletter templatesgratuitos que facilitam a montagem da newsletter.
 Fazer acompanhamento do email-marketing.  É fundamental fazer uma avaliação constante de seu programa de email marketing, acompanhar o crescimento de sua lista de e-mails e o retorno em termos de vendas. Não se esqueça de ouvir seus clientes e assinantes. Afinal, eles são a razão da existência de sua empresa.

Aplicativos para conectar seu site ao facebook

Como conectar os usuários do Facebook no seu site.

Todo mundo já reconhece (ou deveria) a importância que as redes sociais possuem hoje em dia, é difícil conhecer alguém que use a Internet e não tenha uma conta em alguma rede social. Pelo contrário, muitos “entram” na Internet apenas para usar as redes sociais.

Dentre as redes sociais que se destacam hoje temos o Facebook, que foi lançado em 2004 e que desde que chegou ao Brasil ganhou muitos usuários novos.

O Facebook tem uma Api para desenvolvedores muito bem documentada e foi nela que aprendi a como conectar os usuários do Facebook no meu site.

O primeiro para obter os dados do usuário é você criar uma nova aplicação do site de desenvolvimento do Facebook.

http://www.facebook.com/developers/

 

Captura_de_tela-1

Na criação do seu aplicativo você vai digitar o nome do seu aplicativo e concordar com os termos do Facebook, depois disso você verá a tela inicial do seu aplicativo com informações importantes como o id do aplicativo e a chave da api .

Captura_de_tela-2

No próximo passo você vai clicar no link “Editar Configurações”, nele vai ter várias áreas para configurar o aplicativo, mas você irá para o link  “Website” e coloque o endereço do seu site em “Site URL”.

Pronto você já criou um aplicativo no Facebook direcionando para seu site. Agora vamos fazer nossa aplicação no site receber os dados do usuário.

Primeiro crie uma página com o nome loginFacebook.html e coloque o código:

<fb:login-button></fb:login-button>
<div id="fb-root"></div>
<script src="https://connect.facebook.net/en_US/all.js"></script>
<script>
  FB.init({appId: 'your app id', status: true, cookie: true, xfbml: true});
  FB.Event.subscribe('auth.sessionChange', function(response) {
    if (response.session) {
      // A user has logged in, and a new cookie has been saved
    } else {
      // The user has logged out, and the cookie has been cleared
    }
  });
</script>

Não esqueça de trocar a parte your app id pelo id da sua aplicação. Feito isso o código deve renderizar um botão feito esse: login-button

Agora vamos acrescentar o código php responsável por pegar o cookie que trará dados do usuário como o access_token e o uid:

<?php

define('FACEBOOK_APP_ID', 'your application id');
define('FACEBOOK_SECRET', 'your application secret');

function get_facebook_cookie($app_id, $application_secret) {
  $args = array();
  parse_str(trim($_COOKIE['fbs_' . $app_id], '\\"'), $args);
  ksort($args);
  $payload = '';
  foreach ($args as $key => $value) {
    if ($key != 'sig') {
      $payload .= $key . '=' . $value;
    }
  }
  if (md5($payload . $application_secret) != $args['sig']) {
    return null;
  }
  return $args;
}

$cookie = get_facebook_cookie(FACEBOOK_APP_ID, FACEBOOK_SECRET);

?>
<!DOCTYPE html>
<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"
      xmlns:fb="http://www.facebook.com/2008/fbml">
  <body>
    <?php if ($cookie) { ?>
      Your user ID is <?= $cookie['uid'] ?>
    <?php } else { ?>
      <fb:login-button></fb:login-button>
    <?php } ?>

    <div id="fb-root"></div>
    <script src="https://connect.facebook.net/en_US/all.js"></script>
    <script>
      FB.init({appId: '<?= FACEBOOK_APP_ID ?>', status: true,
               cookie: true, xfbml: true});
      FB.Event.subscribe('auth.login', function(response) {
        window.location.reload();
      });
    </script>
  </body>
</html>

Agora com os dados do cookie você pode pegar os dados do usuário com o seguinte código:

$user = json_decode(file_get_contents('https://graph.facebook.com/me?access_token='
.$cookie['access_token']))->id;

Pronto, agora você pode tratar essas informações da maneira que desejar no seu aplicativo.

Uma dica, se quiser pegar informações como email, data de aniversário e etc, você terá que passar como parâmetro na tag . Exemplo:

<fb:login-button perms="email,user_birthday"></fb:login-button>

Como funciona o Google adwords

O que é Google AdWords?

- Se você já fez uma pesquisa sobre métodos para se divulgar um website na internet, é provável que tenha ouvido falar sobre o Google AdWords. Este é o serviço de Links Patrocinados do Google, criado no intuito de disponibilizar um valioso espaço nas páginas do site de buscas para anunciantes que desejam exibir seus produtos e serviços para bilhões de internautas.

- O Google foi criado em 1998, e apenas três anos mais tarde, já havia se tornado referência mundial como mecanismo de busca na internet. Seus fundadores precisavam, de alguma forma, adquirir rentabilidade sobre o expressivo tráfego que ali se formava, e viram a possibilidade para isto no sistema do site GoTo.com, que era nada mais que o embrião dos Links Patrocinados.

- O Google AdWords é  mais conhecido e difundido na internet, pela obviedade de seu site hospedeiro ser o número 1 em acessos na rede mundial. Entretanto, seu sucesso não se baseia exclusivamente neste vínculo. Desde o seu surgimento, essa ferramenta passou por inúmeras melhorias, relacionadas principalmente com seu motor interno, no intento de tornar as buscas mais segmentadas. Este aperfeiçoamento proporciona ao anunciante maior vantagem competitiva, uma vez que o sistema identifica e relaciona a busca do internauta por palavra-chave, perfil e localização geográfica. Vantagem também para os usuários, que obtêm respostas mais precisas, poupando-lhes tempo. Este tipo de experiência positiva é um motor impulsor do Google AdWords.

 Anunciantes que possuem um baixo orçamento disponível para publicidade, contemplam no Google AdWords a oportunidade ideal para divulgar seus produtos e serviços. Nos Links Patrocinados é possível determinar quanto você está disposto a gastar por dia, sem a existência de um compromisso com gasto mínimo. Este sistema é baseado principalmente no chamado CPC (Custo Por Clique). O CPC permite ao anunciante pagar uma determinada importância, somente quando o usuário clica em seu anúncio. Provavelmente esta é a maneira mais justa de se fazer publicidade – especialmente pelo fato do usuário que realizou a pesquisa e clicou no anúncio já estar inclinado à compra.

- Fazer sua empresa aparecer no Google é mais fácil do que você imagina. O primeiro passo é aprender como o Google funciona.

- Quando você utiliza o Google e insere uma consulta de pesquisa por uma palavra ou frase você rapidamente é encaminhado para uma página de resultados desta consulta. No lado esquerdo desta página estão os resultados de pesquisa naturais, que são apresentados e ordenados com base num processo de analise complexo e automatizado que se baseia num nível de relevância dos sites associados a sua pesquisa. Não é possível influenciar diretamente esses resultados. No entanto também existem blocos de textos que o conteúdo pode de fato influenciar, estes são os Links Patrocinados, que aparecem no lado direto da pagina de resultados e em alguns casos no topo. Quando um usuário do Google fizer uma pesquisa relacionada com o seu negocio você poderá garantir que um link para o seu site apareça com os resultados dessa pesquisa e poderá escolher quando e onde o seu anúncio deve ser apresentado.

- Começar a anunciar é muito mais fácil do que você imagina:

– Primeiro defina os clientes potenciais que você gostaria de vissem os seus anúncios, escolha o respectivo idioma e também a sua localização, por país, região ou mesmo cidades. Se por exemplo seu negócio está localizado em Diadema, poderá optar por apresentar o seu anúncio apenas a pessoas da grande São Paulo. Por outro lado, se seu negócio não estiver associado a nenhuma localização específica o seu anúncio poderá aparecer em todo país ou mesmo em uma seleção de países a sua escolha.

- Em seguida escreva um anúncio apresentando seu negócio. A estrutura do anúncio consiste num título seguido de duas linhas descritivas dos seus produtos ou serviços e termina com o endereço do seu website.

- Depois escolha os termos que, quando inseridos no campo de pesquisa do Google, deverão ativar a apresentação do seu anúncio – estes termos são chamados de palavra-chave. Você deverá escolher aquelas que espera que os seus clientes utilizem quando procuram algo relacionado com o tipo de serviço ou produto que sua empresa disponibiliza. Se for uma floricultura, por exemplo, poderá começar a sua lista de palavras-chave com “entrega de flores”. Quanto mais precisas forem as suas palavras-chave maior a probabilidade de impactar as pessoas que procuram exatamente aquilo que sua empresa disponibiliza.

- Por fim escolha o máximo que esta disposto a pagar por um clique no seu anúncio e o orçamento total que pretende gastar por dia.

- Um dos principais aspectos do AdWords é que quando alguém pesquisa uma das palavras-chave que você escolheu e o seu anúncio aparece Google não há nenhum custo. Só há custo quando o usuário clica no link para o seu website. Deste modo você tem total controle de todos os aspectos financeiro da sua campanha.

- A posição do link patrocinado na lista é parcialmente determinada pelo valor que você decidir pagar para cada clique. No entanto também é determinada pela relevância do seu anúncio em relação à pesquisa. Assim quando mais segmentado o seu anúncio e sua lista de palavra-chave menos dinheiro terá de investira para garantir a apresentação do seu anúncio.

- Ao utilizar o Google AdWords você anuncia o seu negócio, mas de forma bem distinta da publicidade tradicional.

- O AdWords é diferente da publicidade tradicional por que escolhe exatamente onde e quando os seus anúncios são apresentados, assim apenas as pessoas que realmente estão à procura de algo que sua empresa disponibiliza virão a sua publicidade, e você só paga por isso quando estas pessoas clicarem nele.

- Você pode alterar os seus anúncios sempre que quiser – e ativar ou desativar suas campanhas sempre que achar conveniente.

- Como o preço é baseado num preço de leilão, você começa a receber potenciais clientes no seu website por apenas alguns centavos por clique.

- Finalmente não existe um gasto mínimo e você tem total controle do seu investimento, fica sempre sabendo quanto pagou pelos seus visitantes e pode alterar o orçamento diário como quiser. Desta forma aparecer no Google está ao alcance de qualquer pessoa ou empresa.

- Está pronto para ser encontrado no Google?

- Crie seu anúncio agora!

[button style=”red” url=”http://cliquesim.com/contato/” size=”” block=”false” target=”_self”] Entre em Contato[/button]

Por que seu negócio não pode ficar fora do google +?

A importância do Google Plus

O Google Plus é a segunda maior rede social do mundo em número de usuários, passando o Twitter. Em dezembro de 2012, contava com mais de 350 milhões de usuários, dos quais 235 milhões eram ativos dentro do período de um mês.

O curioso é que o Google não vê o Plus como uma rede social no sentido mais conhecido, mas como uma das etapas de uma proposta maior. Isso pode ser melhor entendido quando vemos que é usado para melhores resultados na sua ferramenta de busca, ou em sugestões mais personalizadas em anúncios, por exemplo.

Já uso o Plus há bastante tempo, mas admito que no início não tinha muita coisa. Porém, hoje tem bastante coisa acontecendo lá, principalmente depois da sua atualização há algumas semanas. Se quiser me adicionar no Google Plus.

No último evento I/O do Google, onde são apresentadas as novidades e algumas coisas que estão sendo desenvolvidas pela empresa, o Google Plus ganhou uma repaginada bem forte no seu visual, tornando-o muito mais agradável pra navegar a consumir o conteúdo. Isso fez com que desse um impulso à popularidade. Pelo menos eu tenho percebido que vários amigos e conhecidos estão começando a utilizar com maior frequência.

Mas quais seriam as vantagens e a importância dele?

a importancia do google plus

O aumento da relevância nas buscas

Criar uma página no Plus para a sua empresa é muito importante. Isso porque ela ajuda no ranqueamento do seu site nos resultados do Google. enquanto o Facebook ainda trava algumas das informações para o Google, esse navega tranquilo pelo Plus.

Mas não pense que é concorrência desleal: um perfil padrão no Plus costuma ter muito mais espaço para conteúdo do que no Facebook. Para o SEO, quanto mais conteúdo, melhor.

Então tenha certeza: se você quer melhorar o desempenho do seu site no ranking do Google, tenha uma página ativa na sua rede social.

Muitos profissionais de web 

Isso faz com que diversos formadores de opinião estejam gerando conteúdo nessa rede, e o principal: como sabe que a maior parte dos seus seguidores é de um pessoal mais entendido com tecnologia, os posts costumam ser mais trabalhados, com melhores análises nos comentários.

Isso faz com que a rede, mesmo que não tenha tanta vida ativa quanto o Facebook, os posts tendem a ter muito mais qualidade, até mesmo a participação pelos comentários são melhores, com argumentos mais desenvolvidos e elaborados.

Google Autor 

Um dos fatores que teve uma mudança muito clara para todos que utilizam o Google é a presença de uma foto com o avatar do escritor ou responsável por aquela página nos resultados do Google. Aqui no exemplo abaixo, é o resultado para “o que é landing page”, no Google. Ele exibe quem é o autor, porque eu vinculei meu perfil do Plus ao artigo.

Reprodução

Isso é muito fácil fazer, basta você indicar no seu artigo qual é o seu perfil no Google Plus, e do Google Plus você indica pra qual site você escreve. Dessa forma ele consegue fazer a verificação. Veja aqui nesta ajuda do Google, como configurar seu Google Autor.

A vantagem dessa visualização do avatar do autor ao lado do seu conteúdo é o aumento na taxa de cliques, pois ela chama muito mais atenção do que um resultado comum. Uma imagem ajuda muito em atrair os olhos do usuário. Outro ponto que ajuda é se você já é uma autoridade na sua área. Com certeza uma foto sua ao lado do link irá significar muito para pessoas que te reconhecem como uma autoridade, provavelmente fazendo-as ir visitar o seu site.

Alguns testes indicam cerca de uma taxa média de crescimento de 30% na taxa de cliques. Ou seja, uma maneira muito fácil de aumentar seus acessos, que demanda pouco esforço, e ainda ajuda no branding!

Configure isso agora, pois é indispensável!

Bem vindos ao Blog do Clique Sim

A Clique Sim é uma agência digital que tem com objetivo facilitar a inclusão de negócios que ainda não esteja na web. Você poderá contar em pouco tempo com o seu próprio site web sem ter que ser preocupar com registro de dominio, hospedagem e nem em fazer o site. Na clique sim você faz uma consulta e sai com um site completo e funcional. Dando muito mais creditbilidade ao seu negócio.

Em nosso blog daremos várias dicas de como melhorar seu site, dicas de como posicionar o seu site em emcanismos de buscas como o google. Plataformas para desenvolvimento de sites e muito mais. Fique ligado em nosso blog que em breve traremos muito mais novidades.

Até logo